Voltar ao topo.Ver em Libras.

Confira 15 formas de acelerar a perda de peso

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:monte, sentar, olhos, trama, ficar, muitos, ganhar e ajudar1370 palavras19 min. para ler

1.  MONTE UMA LISTA ANTES DE IR AO SUPERMERCADO \\r\Já reparou que as gôndolas são organizadas de maneira estratégica, para fazer você comprar mais e mais, principalmente os alimentos calóricos? "A cor, a posição e a localização dos produtos, tudo é pensado para atrair o consumidor", diz o psicólogo Marco Antonio De Tommaso, da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso). Se você chegar ao local focada no que precisa comprar, vai resistir mais fácil aos impulsos e ainda garantirá os produtos saudáveis que havia planejado comer durante toda a semana.\\r\
2.  POUSE SEMPRE OS TALHERES NO PRATO, ENTRE UMA GARFADA E OUTRA \\r\
O método não exige mais do que atenção e, em longo prazo, ajuda a eliminar alguns quilos. Isso porque, ao comer mais devagar, você dá tempo ao organismo de interpretar, antes, o estímulo de saciedade. Assim, você acaba comendo menos ou, então, apenas o necessário. "O segredo é manter o foco sempre na refeição, tentar não se distrair com mais nada", garante o psicólogo Tommaso.\\r\
3. PREPARE SEUS LANCHES DEPOIS DE TOMAR O CAFÉ \\r\
De barriga cheia, é mais fácil não enfiar o pé na jaca ao montar os lanches que consumirá ao longo do dia. Que tal preparar as próximas refeições assim que deixar a mesa? Você conseguirá selecionar melhor os ingredientes e as porções. "Planejar é uma estratégia eficaz para emagrecer. Se comer corretamente de três em três horas, vai conseguir dizer não a várias tentações", diz a nutricionista Daniela Cierro, consultora da Associação Brasileira de Nutrição.\\r\
4. NÃO COLOQUE AS TRAVESSAS NA MESA \\r\
Dificultar o acesso à comida sempre ajuda a evitar os exageros. Só de caminhar até o outro cômodo para se servir, você já ganha um tempinho para perceber que está satisfeita. Além disso, se estiver com um pingo de preguiça, vai desistir de encher o prato novamente. O que vai fazer muito bem à sua dieta, convenhamos. "Por mais que seja agradável alimentar-se em uma mesa posta, deixar as travessas à vista aumenta as chances de exagerar na porção", alerta a nutricionista Daniela.\\r\
5. SUBA NA BALANÇA DIARIAMENTE \\r\
Essa é uma ótima estratégia para observar como o seu corpo vem reagindo às mudanças que está fazendo e para ajudá-la a controlar cada vez melhor a alimentação. Agora, não desanime se os ponteiros não descerem tanto quanto você gostaria, de um dia para o outro. Por outro lado, se eles não pararem de subir, interprete como um sinal claro de que algo está errado e de que é preciso se esforçar mais com a sua dieta ou, então, checar se está tudo em ordem com a sua saúde.\\r\
6.  DEIXE A MESA ASSIM QUE ACABAR A REFEIÇÃO \\r\
Por mais que não haja mais nada o que beliscar por perto, o estímulo para comer está sempre associado à cozinha ou à sala de jantar. Deixar o local assim que terminar de se alimentar é uma boa medida para driblar seus próprios desejos. "Convide as outras pessoas para continuar a conversa em outro cômodo ou, se for o caso, peça licença e se retire. Em seguida, procure manter-se ocupada com atividades interessantes, que prendam a sua atenção, como a leitura de um livro", aconselha Daniela.\\r\
7. ARRUME A DESPENSA DE FORMA ESTRATÉGICA \\r\
Coloque os alimentos "proibidos" em locais de difícil acesso, que necessitem de uma escada para serem alcançados, por exemplo. Se a preguiça não for o sufi ciente para impedir você de buscar a escada, enquanto sobe nela você terá tempo pesar os prós e contras da sua escolha. "As tentações vão aparecer dentro e fora de casa. Mas se você estiver feliz com o seu corpo e as conquistas que fez, vai conseguir passar por cima disso", garante a nutróloga Ana Luísa Vilela, da Clínica Slim Form (SP).\\r\
8. ACOMPANHE O RITMO DO MAIS LENTO \\r\
Durante as refeições, faça o possível para acompanhar aquele que come mais devagar. "A sensação de saciedade demora, em média, 20 minutos para ser percebida", diz Tommaso. E se você estiver alerta, e descobrir que acabou com a fome antes de esvaziar o prato, não vai terminar a noite com aquela sensação de barriga estufada. "Acertar na quantidade e comer só o necessário é um bom hábito que provoca enorme satisfação, acompanhada de sensação de autocontrole", completa Tommaso.\\r\
9. NUNCA SE ALIMENTE EM FRENTE À TELEVISÃO \\r\
Quem não gosta de chegar à sua casa, fazer o prato e se sentar em frente à tevê, para não perder nenhum detalhe da novela? Pois saiba que o hábito, por si só, pode ajudar a ganhar muitos quilos, que vão ficar mesmo depois que a trama acabar. A gente explica: enquanto está com os olhos grudados na telinha, você nem percebe o que está comendo e nem quanto está consumindo. Além de não apreciar nem sentir o sabor da refeição, muito provavelmente acabará comendo mais do que precisa. Agora, se você é noveleira de carteirinha, tente gravar a novela para assistir depois ou programe-se para comer com calma.\\r\
10. ESCOVE OS DENTES LOGO APÓS AS REFEIÇÕES \\r\
A medida, além de fazer muito bem à saúde, ajuda a diminuir o impulso de comer uma besteira qualquer, ou mesmo uma sobremesa, depois do almoço ou do jantar. "O raciocínio é simples: só de saber que terá de escovar os dentes novamente, muita gente desiste, com preguiça", explica o psicólogo Tommaso. Além disso, o sabor do creme dental modifica o gosto dos alimentos, fazendo com que mesmo a experiência de degustar um chocolate ou um sorvete não seja tão agradável ao paladar.\\r\
11. ABASTEÇA A DESPENSA APENAS COM O NECESSÁRIO \\r\
O ideal para quem está num programa de reeducação alimentar é mandar para fora tudo o que pode representar perigo. Assim, quando bater a vontade de beliscar, e você perceber que precisará sair de casa se quiser comprar algo, irá pensar duas vezes. Agora, se a sua família não está na mesma sintonia que você, a dica é comprar embalagens econômicas, com doces ou bolachas em pequenas quantidades. "Em vez de adquirir uma caixa de bombons, leve apenas uma unidade", ensina Daniela. Daí, quando for pegar um chocolate na despensa, vai pensar no lanche que seu filho deixará de fazer no dia seguinte. E vai desistir na certa!\\r\
12. ESCOLHA A ENTRADA, A BEBIDA OU A SOBREMESA \\r\
Quando for a um restaurante, garanta o prato principal e abra mão de outros alimentos ou bebidas calóricos. Dessa forma, você emagrece a refeição como um todo e não come mais do que precisa. "Sempre que possível, fique com a entrada e dispense bebida e sobremesa. Se for uma salada, ainda melhor. Ela vai diminuir a sua fome e, quando o prato principal chegar, você vai se contentar com menos", ensina Tommaso.\\r\
13. NÃO DESCONTE AS EMOÇÕES NA COMIDA \\r\
Embora nem sempre seja possível contornar as tensões do dia a dia e evitar situações estressantes, não adianta transformar esses acontecimentos em uma desculpa para abusar da comida. Afinal, isso só vai atrapalhar mais a sua vida, aumentando os problemas. "Se estiver cansada ou irritada, tome um banho relaxante e vá descansar por alguns minutos. Só então você estará preparada para fazer uma alimentação sem excessos", sugere Tommaso.\\r\
14. NÃO PULE O CAFÉ DA MANHÃ \\r\
Programe-se para acordar mais cedo e tome seu café com calma. O longo período que você já passou em jejum, enquanto dormia, faz o metabolismo desacelerar. Ao acordar, é preciso despertá-lo, para que retome o ritmo do gasto energético. Está mais do que comprovado que quem se alimenta logo depois que se levanta faz escolhas mais saudáveis ao longo do dia.\\r\
15. PREFIRA FRUTAS FRESCAS PARA A SOBREMESA \\r\
"Elas têm baixo teor calórico, são ótimas fontes de fibras e têm ação antioxidante, melhorando o funcionamento intestinal e atuando na prevenção do envelhecimento precoce", afirma o nutrólogo Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia. No dia a dia, fique com elas e deixe os doces e outras guloseimas para o fim de semana. Mas, mesmo assim, não abuse! Aos poucos, a estratégia vira um hábito e resistir às besteiras ficará muito mais fácil.

Fonte: