Voltar ao topo.Ver em Libras.

Emagrecimento saudável

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:saúde, na, conteúdo, nutricional, esteja, bastante, disponível e nas300 palavras4 min. para ler

O princípio de emagrecimento saudável é o mesmo de voltar à forma física: necessita uma mudança de estilo de vida, o que realmente não é fácil. Mas é possível perceber uma transformação significativa no corpo quando são adquiridos hábitos de alimentação saudáveis e a prática de exercícios regulares.Vale ressaltar que, ao inserir-se em um estilo de vida saudável, automaticamente está se livrando do sedentarismo, que provoca doenças e enfermidades metabólicas. Pessoas mais ativas vivem mais e têm menos probabilidade de morrer por problemas cardíacos, derrame cerebral e câncer.
A obesidade é um dos principais males que afetam o ser humano do mundo moderno, prejudicando o funcionamento do corpo como um todo. As sequelas de um sobrepeso prolongado podem ser percebidas no cotidiano da pessoa, quando o simples fato de fazer uma caminhada se transforma em um exercício extenuante. Além de prejudicar a mobilidade, o sobrepeso acarreta danos como apneia do sono, diabetes e doenças cardiovasculares.
É preciso mudar o estilo de vida – Embora informações sobre o conteúdo nutricional dos alimentos esteja bastante disponível nas embalagens dos alimentos, na Internet, em consultórios médicos e em escolas, é evidente que o consumo excessivo de alimentos continua sendo um problema.
Porém, um estilo de vida cada vez mais sedentário teve um papel importante nessa mudança corporal. Outros fatores que podem ter contribuído para o aumento de obesos no mundo, como o estresse da vida moderna e sono insuficiente.
O principal tratamento para a obesidade é a redução da gordura corporal por meio de adequação da dieta e aumento do exercício físico. Programas de dieta e exercício produzem perda média de aproximadamente 8% da massa total (excluindo os que não concluem os programas). Nem todos ficam satisfeitos com esses resultados, mas até a perda de 5% da massa pode contribuir significativamente para a saúde.

Fonte: